FDB - Todos pela proteção

Logo e Menu

Local, data e horário

Dia 05/12/18
das 8h às 17h
Auditório da Uninove – unidade Vergueiro
R. Vergueiro, 235/249 – Bairro Liberdade São Paulo/SP

Sobre o evento

Proteção e Direitos Compromisso

Tendo como tema central as boas práticas de intervenção para o enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes, a Ficar de Bem - CRAMI em parceria com as organizações CAF, CEDECA Interlagos, UNAS Heliópolis e Núcleo Espiral, – promove no dia 05 de dezembro de 2018 o seminário "Todos Pela Proteção".

O evento contará com a participação dos palestrantes Flavio Debique, Gerente de Programas e Incidência da Plan International e Christiane Rezende, Coordenadora Regional e Assessora de Projetos da Kindernothilfe (KNH) Brasil. E como mediadora, a Coordenadora Geral Institucional da Ficar de Bem – CRAMI, Melissa Terron. Além de analisar profundamente as questões, os participantes poderão interagir com os palestrantes e se instrumentalizar sobre o tema.

Flavio Debique trará um breve histórico desde a era da situação irregular à de proteção da criança e do adolescente, buscando elementos que apoiem refletir sobre o cenário de violências contra crianças e adolescentes no Brasil e quais as principais estratégias dentro de uma perspectiva futura de ações de prevenção e proteção para este público.

Christiane Rezende falará da importância da Política de Proteção Infantil (PPI), qual seu objetivo e como é o processo de construção de uma PPI e seus principais elementos (Participação, Análise de Riscos, Manejo de Casos, Código de Conduta, RH, Comunicação e Monitoramento).

No período da tarde, sete oficinas simultâneas abordarão boas práticas de prevenção de violações de direitos de crianças e adolescentes, com os seguintes temas: violência doméstica, violência sexual, violência comunitária e urbana, atuação com a rede e desenvolvimento de PPI.

Na sequência, serão apresentados na plenária os resultados das discussões, tendo a mediação de Patricia de Araujo, da UNAS Heliópolis.

A idealização desse encontro foi uma iniciativa da KNH Brasil e apoiado pela Universidade Nove de Julho (Uninove).

Para participar, os interessados deverão se inscrever antecipadamente e escolher a oficina em que querem participar. O número de vagas por oficina é limitado à capacidade das salas.

Endereço
e Data

Dia 05/12/18
das 8h às 17h
Auditório da Uninove – unidade Vergueiro
R. Vergueiro, 235/249 – Bairro Liberdade São Paulo/SP

Palestrantes

Cronograma do evento

Cronograma do evento

Inscreva.se Já!

Oficinas

Sete oficinas simultâneas abordarão boas práticas de prevenção de violações de direitos de crianças e adolescentes, conforme programação abaixo.

Para participar das oficinas é necessário inscrição prévia (vagas limitadas) e ter participado das palestras na parte da manhã.

No ato da inscrição, indique qual oficina você deseja participar e consulte se ainda há vagas, pois elas são limitadas.

CAF

Sala 1003

Boas práticas de prevenção da violência sexual contra crianças e adolescentes direcionada para profissionais da rede - tipificação das violências, identificação, medidas de prevenção e encaminhamentos.

CEDECA Interlagos

Sala 1004

Boas práticas de prevenção da violência comunitária urbana – direcionada para o trabalho com crianças e adolescentes.

Ficar de Bem - CRAMI

Sala 1005

Boas práticas de prevenção da violência doméstica contra crianças e adolescentes com a rede de atendimento – direcionada para o trabalho com os diversos atores da rede de garantia de direitos da criança e do adolescente.

Ficar de Bem - CRAMI

Sala 1006

Boas práticas de prevenção da violência sexual contra crianças e adolescentes – direcionada para o trabalho com crianças e adolescentes.

KNH Brasil

Sala 1007

Boas práticas para o desenvolvimento de uma Política de Proteção Infantil Institucional.

Núcleo Espiral

Sala 1008

Boas práticas de prevenção da violência doméstica contra crianças e adolescentes – direcionada para o trabalho com crianças e adolescentes.

UNAS Heliópolis

Sala 1009

Boas práticas de prevenção da violência doméstica contra crianças e adolescentes – direcionada para o trabalho com famílias.

Realização

Ficar de Bem

Ficar de Bem

Fundada em 1988 com o nome de CRAMI-ABCD, a Ficar de Bem - CRAMI protege crianças e adolescentes de situações de risco e violações de direitos, oferecendo apoio às famílias para que suas relações sejam pautadas por diálogo, afeto, respeito e vínculos mais fortes. Oferece também ações preventivas, cursos, supervisão e consultorias.

Sobre os apoiadores

CAF

CAF

Fundada em 1988 por Dona Nadir Salles Uliano, a CAF trabalha pela dignidade e inclusão social de crianças, adolescentes e famílias que vivem e convivem com HIV/AIDS e em situação de vulnerabilidade social, contribuindo para a vida participativa em comunidade. Baseia-se em quatro vertentes: saúde, arte-educação, desenvolvimento comunitário e defesa de direitos.

CEDECA

CEDECA Interlagos

ONG fundamentada no ECA, atua desde 1998 na proteção jurídico-social de crianças e adolescentes da periferia. Seu trabalho visa romper com o ciclo vicioso da violência e da exclusão social, aliando políticas públicas à participação popular na garantia dos direitos da criança e do adolescente.

UNAS

UNAS Heliópolis

O Projeto “Violência Aqui Não Entra Não!” é desenvolvido pela Unas Heliópolis e Região (www.unas.org.br) em parceria com a kindernothilfe. Trabalhando em três frentes (Famílias, Profissionais da rede e Crianças e Adolescentes), atua na prevenção e reparação da violência doméstica contra crianças e adolescentes.

Núcleo Espiral

Espiral

O Núcleo Espiral é uma associação sem fins lucrativos que atua na prevenção da violência, sobretudo contra crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Através de um trabalho socioeducativo com abordagem junguiana e corporal, busca contribuir com a formação de um ser humano mais resiliente e preparado para as adversidades da vida.

Idealização

Kinder not hilfe

KNH Brasil

A KNH Brasil, com sede na Alemanha, é uma Agência de Desenvolvimento, fundada em 1959 com enfoque na área de direitos humanos de crianças e adolescentes. Dá suporte a mais de 780.000 crianças e adolescentes em 30 países, apoiando no Brasil mais de 80 projetos com intervenção na realidade das crianças e adolescente.

Apoiadores

UNINOVE

Download do Certificado